AJUDA ÀS ALMAS TÍBIAS - LITURGIA DIÁRIA, 23 DE ABRIL DE 2011

sexta-feira, 22 de abril de 2011

AJUDA ÀS ALMAS TÍBIAS - POR PADRE M. SOPOCKO FONTE : DEVOCIONÁRIO À DIVINA MISERICÓRDIA
"QUANTO Á MIM, REPREEENDO E EDUCO TODOS AQUELES QUE AMO. RECOBRA, POIS, O FERVOR E CONVERTE-TE. EIS QUE ESTOU Á PORTA E BATO: SE ALGUÉM OUVIR A MINHA VOZ E ABRIR A PORTA, ENTRAREI EM CASA E CEAREI COM ELE, E ELE COMIGO"-[AP 3, 19-20]


"DESTA MANEIRA CRISTO, PELA BOCA DO APÓSTOLO JOÃO, REPREENDE AS ALMAS TÍBIAS, MOSTRNADO COMO ELAS SÃO DESPREZÍVEIS À DEUS. UMA ALMA TÍBIA, APESAR DAS MUITAS GRAÇAS DA MISERICÓRDIA DIVINA, DESPREZA-AS E DEIXA-SE DOMINAR PELA INDOLÊNCIA, QUE AFASTA DO ZELO, E A QUALQUER PRETEXTO, ABANDONA POR COMPLETO A ORAÇÃO. APARENTEMENTE FREQUENTA OS SACRAMENTOS,MAS LEVIANAMENTE, SEM DEVIDO PREPARO, E POR ISSO QUASE SEMPRE INUTILMENTE, QUANDO NÃO, SACRÍLEGAMENTE. APARENTEMENTE CUMPRE AS FUNÇÕES DE SEU ESTADO, MAS SEM ESPÍRITO DE FÉ, BUSCANDO O QUE CAUSA PRAZER, PROCURANDO EM TUDO A SI MESMA. A ALMA TÍBIA É FORMADA ERRADAMENTE: EVITA APENAS AQUILO QUE É EXPRESSAMENTE PECADO MORTAL, MAS COMETE PECADOS VENIAIS COM PLENA CONSCIÊNCIA, NUNCA PENSA EM SACRIFICAR-SE, EM SENTIMENTOS MAIS DELICADOS EM RELAÇÃO À DEUS, NAQUILO QUE LHE AGRADA OU DESAGRADA, DONDE DECORRE A FALTA DE MORTIFICAÇÃO. O ORGULHO, A IRA, A IMPACIÊNCIA E A GROSSERIA NA CONVIVÊNCIA COM OS OUTROS, AS MALEDICÊNCIAS E OS MEXERICOS, A DISTRAÇÃO VOLUNTÁRIA NA ORAÇÃO, DO QUE NÃO QUER OU NÃO FAZ ESFORÇO PARA CORRIGIR. A ALMA TÍBIA NÃO QUER UMA VIDA VERDADEIRAMENTE DE CRISTO, MAS TAMBÉM NÃO SE APEGA TOTALMENTE À VIDA DO MUNDO; ARRASTA-SE ENTRE O MAL E O BEM, NÃO SE ENTREGANDO POR COMPLETO A NENHUM DOS DOIS. VIVE ABANDONADA E ISOLADA, EXPULSA DO MUNDO, ONDE SE DIVERTE, AFASTADA DO CONVÍVIO DOS SANTOS, NO QUAL DEUS DERRAMA CONSOLOS. PODE-SE DIZER QUE ESTÁ SUSPENSA ENTRE O CÉU E O INFERNO. A PESSOA TÍBIA PENSA QUE PODE PERMANECER NESTA SITUAÇÃO INCERTA. NO ENTANTO, CRISTO DISSE QUE NÃO SE PODE SERVIR À DOIS SENHORES: A DEUS E AO MUNDO. A TIBIEZA É UM ESTADO MUITO PERIGOSO, VISTO QUE A ALMA PERMANECE NELE NA ILUSÃO, COMO O DOENTE QUE SE FINGE SÃO E NÃO PROCURA O MÉDICO. NÃO LEVA EM CONSIDERAÇÃO AS ADMOESTAÇÕES DOS OUTROS, COM MOS QUAIS ATÉ SE IRRITA POR ESSE MOTIVO. COSIDERA UMA FUTILIDADE OS INUMEROS PECADOS VENIAIS, NOS QUAIS MUITAS VEZES SE VICIA, E ALGUMAS VEZES TAMBÉM COMETE PECADOS GRAVES, COM OS QUAIS TAMBÉM AOS POUCOS SE ACOSTUMA. AS ALMAS TÍBIAS PODEM POSSUIR ATÉ, APARENTEMENTE CERTAS VIRTUDES, QUE PIORAM AINDA MAIS A SITUAÇÃO DELAS PORQUE AS MANTÉM NA FALSA SEGURANÇA. AS VIRGENS IMPRUDENTES DO EVANGELHO PRESERVARAM O TESOURO DA VIRGINDADE, MAS NÃO FORAM ADMITIDAS ÀS BODAS, NÃO POR ALGUM TIPO DE CRIME, MAS POR FALTA DO AMOR, SIMBOLIZADO PELO ÓLEO QUE LHES FALTOU NAS LÂMPADAS. O DISFARCE DA VIRTUDE, E A APARÊNCIA DA PIEDADE PODEM MERECER A GRAÇA DOS HOMENS, MAS DEUS OLHA PARA OS CORAÇÕES E LANÇA A MALDIÇÃO À ÁRVORE POR FALTA DE FRUTOS. AS CAUSAS DA TIBIEZA SÃO NUMEROSAS; TODAS DECORREM DO EXAGERADO AMOR PRÓPRIO, QUE SOBRETUDO DEVE SER MORTIFICADO. A SEGUNDA CAUSA É A NEGLIGÊNCIA NAS PEQUENAS COISAS, O MENOSPREZO DAS PEQUENAS VIRTUDES, BEM COMO AS PEQUENAS FALTAS. A TERCEIRA CAUSA, SÃO AS QUEDAS VOLUNTÁRIAS, COMETIDAS CONSCIENTEMENTE, QUE ENFRAQUECEM PROFUNDAMENTE A ALMA. ALGUMAS VEZES, A EXCESSIVA ATIVIDADE CONTRIBUI IGUALMENTE PARA ISSO, POIS O HOMEM QUE SE DEIXA ENVOLVER A FUNDO PELO TURBILHÃO DA VIDA ATIVA DISPERSA-SE TODO E SE ESGOTA. FINALMENTE, NADA SE OPÕE TANTO A DEUS COMO O MUNDO. POR ISSO, TODO PASSO QUE APROXIMA A ALMA DO MUNDO AFASTA-A DE DEUS, E, AOS POUCOS, LEVA-A AO ESTADO DE TIBIEZA. A CURA DA TIBIEZA É MUITO DIFÍCIL, EM RAZÃO DO ESGOTAMENTO ESPIRITUAL, DE UMA FORTE ANEMIA QUE CAUSOS TERRÍVEIS ESTRAGOS INTERIORES. OUTRA DIFICULDADE É A TEIMOSIA E A DESOBEDIÊNCIA DIANTE DO DIRETOR DA CONSCIÊNCIA, QUE, NA MAIORIA DAS VEZES, O TÍBIO NÃO PROCURA E NÃO TEM. A ALMA TÍBIA, ENGANADA PELAS FALSAS APARÊNCIAS DAS VIRTUDES, NÃO VÊ A SUA MISÉRIA, NÃO RECONHECE A NECESSIDADE DO REMÉDIO, O QUE TORNA A CURA EXTREMAMENTE DIFÍCIL. NO ENTANTO, A TIBIEZA NÃO É UMA DOENÇA INTEIRAMENTE IBCURÁVEL: "ACONSELHO-TE A COMPRAR DE MIM OURO PURIFICADO NO FOGO PARA QUE ENRIQUEÇAS, VESTES BRANCAS PARA QUE TE CUBRAS E NÃO APAREÇA A VERGONHA DE TUA NUDEZ, E UM COLÍRIO PARA QUE UNJAS TEUS OLHOS E POSSAS ENXERGAR" [AP 3,18]. EIS O REMÉDIO EFICAZ CONTRA A TIBIEZA: COMPRAR O AMOR DE DEUS PELA MOEDA DA ORAÇÃO, QUE NA VERDADE PE PENOSA PARA A ALMA TÍBIA, MAS INDISPENSÁVEL, EMBORA QUASE IMPOSSÍVEL SEM A GRAÇA PREVENTIVA. POR ISSO NO NONO DIA DA NOVENA, DEVEMOS REZAR FERVOROSAMENTE PEDINDO ESSA GRAÇA PARA AS PESSOAS TÍBIAS, POIS ELAS PRÓPRIAS NÃO CONSEGUEM DAR CABO DAS DIFICULDADES E NECESSITAM DA AJUDA DOS OUTROS. DIZ IRMÃ FAUSTINA: NO FINAL DA VIA SACRA QUE EU ESTAVA REZANDO, NOSSO SENHOR COMEÇOU A QUEIXAR-SE DAS ALMAS RELIGIOSAS E SECERDOTAIS, DA FALTA DE AMOR NAS ALMAS ELEITAS. "PERMITIREI QUE SEJAM DESTRUÍDOS CONVENTOS E IGREJAS". RESPONDI: JESUS, MAS TANTAS ALMAS VOS GLORIFICAM NOS CONVENTOS. RESPONDEU O SENHOR: "ESSA GLÓRIA FERE O MEU CORAÇÃO, PORQUE O AMOR FOI EXPLUSO DOS CONVENTOS. ALMAS SEM AMOR E DEDICAÇÃO, ALMAS CHEIAS DE EGOÍSMO E AMOR PRÓPRIO, ALMAS ORGULHOSAS E PRESUNÇÕSAS, ALMAS CHEIAS DE PERVERSIDADE E FALSIDADE, ALMAS TIBIAS, QUE TEM CALOR APENAS PARA SE MANTER VIVAS. O MEU CORAÇÃO NÃO PODE SUPORTAR ISTO. TODAS AS GRAÇAS QUE DIARIAMENTE DERRAMO SOBRE ELAS DESCEM COMO POR UMA ROCHA. NÃO POSSO SUPORTÁ-LAS, PORQUE NÃO SÃO BOAS NEM MÁS. INSTITUÍ OS CONVENTOS, PARA POR ELES SANTIFICAR O MUNDO, E DELES DEVE BROTAR UMA FORTE CHAMA DE AMOR E SACRIFÍCIO. E SE NÃO SE CONVERTEREM E NÃO SE INFLAMAREM DO AMOR PRIMITIVO, FAREI COM QUE PEREÇAM COM O MUNDO. COMO PODERÃO SENTAR-SE NA PROMETIDA SÉ DO JULGAMENTO DO MUNDO, SE AS SUAS CULPAS SÃO MAIS GRAVES QUE AS DO MUNDO, SE NÃO HÁ PENITÊNCIA E NEM REPARAÇÃO. AH, CORAÇÃO QUE ME RECEBESTES DE MANHÃ, AO MEIO DIA RESPIRA ÓDIO CONTRA MIM, SOB AS MAIS DIVERSAS FORMAS. AH, CORAÇÃO POR MIM ESPECIALMENTEESCOLHIDO, SERÁ PARA ME FAZERES SOFRER MAIS ? OS GRANDES PECADOS FEREM O MEU CORAÇÃO COMO QUE SUPERFICIALMENTE, MAS OS PECADOS DA ALMA ELEITA TRASPASSAM O MEU CORAÇÃO". QUANDO QUIS INTERCEDER POR ELES, NÃO PUDE ENCONTRAR NADA PARA SUA JUSTIFICAÇÃO E, NÃO PODENDO PENSAR EM NADA NAQUELE MOMENTO PAQRA SUA DEFESA, A DOR APERTOU-ME O CORAÇÃO E EU CHORAVA AMARGAMENTE. ENTÃO, O SENHOR OLHOU BONDOSAMENTE E CONSOLOU-ME COM ESTAS PALAVRAS: "NÃO CHORES, EXISTE AINDA UM GRANDE NÚMERO DE ALMAS QUE ME AMAM MUITO, MAS O MEU CORAÇÃO DESEJA SER AMADO POR TODOS, E PORQUE MEU AMOR É GRANDE, POR ISSO OS AMEAÇO E CASTIGO" - [FONTE : DEVOCIONÁRIO Á DIVINA MISERICÓRDIA, PÁGINAS 64 ATÉ 69]

MENSAGEM DO DIA 25/01/1996 - Hoje, convido-os a decidirem-se pela paz. Peçam a Deus que lhes dê a verdadeira PAZ. Vivam a paz em seus corações e compreenderão, queridos filhos, que a paz é dom de Deus. Queridos filhos, sem amor vocês não podem viver a paz. O fruto da paz é o amor e o fruto do amor é o perdão. Eu estou com vocês e convido-os, a todos, filhinhos, para que, em primeiro lugar, perdoem na família e, então, serão capazes de perdoar aos outros MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE




"Este teu decidido propósito de te tornares santa é Me imensamente agradável. Abençôo os teus esforços e te darei a oportunidade de te santificares. Sê cuidadosa para não perderes nenhuma oportunidade que a Minha providência te oferecer para tua santificação. Se não conseguires aproveitar uma determinada oportunidade, não te inquietes, mas humilha-te profundamente diante de Mim e com grande confiança mergulha toda na Minha misericórdia. Dessa maneira, ganharás mais do que perdeste, porque a uma alma humilde se dá mais generosamente, mais do que ela mesma pede... " [DIÁRIO DE SANTA FAUSTINA, 1361]



DIA : 23/04/2011

PRIMEIRA LEITURA : Gênesis 1, 1-2

VIGÍLIA PASCAL
(branco, glória, pref. da Páscoa I - ofício próprio) - Leitura do livro do Gênesis - 1No princípio Deus criou o céu e a terra.
2A terra estava deserta e vazia, as trevas cobriam a face do abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as águas. 3Deus disse: 'Faça-se a luz!' E a luz se fez. 4Deus viu que a luz era boa e separou a luz das trevas. 5E à luz Deus chamou 'dia' e às trevas, 'noite'. Houve uma tarde e uma manhã: primeiro dia. 6Deus disse: 'Faça-se um firmamento entre as águas, separando umas das outras'. 7E Deus fez o firmamento, e separou as águas que estavam embaixo, das que estavam em cima do firmamento. E assim se fez. 8Ao firmamento Deus chamou 'céu'. Houve uma tarde e uma manhã: segundo dia. 9Deus disse: 'Juntem-se as águas que estão debaixo do céu num só lugar e apareça o solo enxuto!' E assim se fez. 10Ao solo enxuto Deus chamou 'terra' e ao ajuntamento das águas, 'mar'. E Deus viu que era bom. 11Deus disse: 'A terra faça brotar vegetação e plantas que dêem semente, e árvores frutíferas que dêem fruto segundo a sua espécie, que tenham nele a sua semente sobre a terra'. E assim se fez. 12E a terra produziu vegetação e plantas que trazem semente segundo a sua espécie, e árvores que dão fruto tendo nele a semente da sua espécie. E Deus viu que era bom. 13Houve uma tarde e uma manhã: terceiro dia. 14Deus disse: 'Façam-se luzeiros no firmamento do céu, para separar o dia da noite. Que sirvam de sinais para marcar as épocas, os dias e os anos, 15e que resplandeçam no firmamento do céu e iluminem a terra'. E assim se fez. 16Deus fez os dois grandes luzeiros: o luzeiro maior para presidir o dia, e o luzeiro menor para presidir à noite, e as estrelas. 17Deus colocou-os no firmamento do céu para alumiar a terra, 18para presidir ao dia e à noite e separar a luz das trevas. E Deus viu que era bom. 19E houve uma tarde e uma manhã: quarto dia. 20Deus disse: 'Fervilhem as águas de seres animados de vida e voem pássaros sobre a terra, debaixo do firmamento do céu'. 21Deus criou os grandes monstros marinhos e todos os seres vivos que nadam, em multidão, nas águas, segundo as suas espécies, e todas as aves, segundo as suas espécies. E Deus viu que era bom. 22E Deus os abençoou, dizendo: 'Sede fecundos e multiplicai-vos e enchei as águas do mar, e que as aves se multipliquem sobre a terra'. 23Houve uma tarde e uma manhã: quinto dia. 24Deus disse: 'Produza a terra seres vivos segundo as suas espécies, animais domésticos, répteis e animais selvagens, segundo as suas espécies'. E assim se fez. 25Deus fez os animais selvagens, segundo as suas espécies, os animais domésticos segundo as suas espécies e todos os répteis do solo segundo as suas espécies. E Deus viu que era bom. 26Deus disse: 'Façamos o homem à nossa imagem e segundo à nossa semelhança, para que domine sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, e sobre todos os répteis que rastejam sobre a terra'. 27E Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus ele o criou: homem e mulher os criou. 28E Deus os abençoou e lhes disse: 'Sede fecundos e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a! Dominai sobre os peixes do mar, sobre os pássaros do céu e sobre todos os animais que se movem sobre a terra'. 29E Deus disse: 'Eis que vos entrego todas as plantas que dão semente sobre a terra, e todas as árvores que produzem fruto com sua semente, para vos servirem de alimento. 30E a todos os animais da terra, e a todas as aves do céu, e a tudo o que rasteja sobre a terra e que é animado de vida, eu dou todos os vegetais para alimento'. E assim se fez. 31E Deus viu tudo quanto havia feito, e eis que tudo era muito bom. Houve uma tarde e uma manhã: sexto dia. 2,1E assim foram concluídos o céu e a terra com todo o seu exército. 2No sétimo dia, Deus considerou acabada toda a obra que tinha feito; e no sétimo dia descansou de toda a obra que fizera. Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL
REFRÃO: Enviai o vosso Espírito Senhor, e da terra toda a face renovai
1Bendize, ó minha alma, ao Senhor!* Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande! 2De majestade e esplendor vos revestis* e de luz vos envolveis como num manto..R. 5Aterra vós firmastes em suas bases,* ficará firme pelos séculos sem fim; 6os mares a cobriam como um manto,* e as águas envolviam as montanhas..R. 10Fazeis brotar em meio aos vales as nascentes* que passam serpeando entre as montanhas; 12às suas margens vêm morar os passarinhos,*
entre os ramos eles erguem o seu canto..R. 13De vossa casa as montanhas irrigais,* com vossos frutos saciais a terra inteira; 14fazeis crescer os verdes pastos para o gado* e as plantas que são úteis para o homem..R. 24Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras,* e que sabedoria em todas elas! Encheu-se a terra com as vossas criaturas!* 35cBendize, ó minha alma, ao Senhor!.

EVANGELHO : Mateus 28, 1-10

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 28,1-10 1Depois do sábado, ao amanhecer do primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. 2De repente, houve um grande tremor de terra: o anjo do Senhor desceu do céu e, aproximando-se, retirou a pedra e sentou-se nela. 3Sua aparência era como um relâmpago, e suas vestes eram brancas como a neve. 4Os guardas ficaram com tanto medo do anjo, que tremeram, e ficaram como mortos. 5Então o anjo disse às mulheres: 'Não tenhais medo! Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. 6Ele não está aqui! Ressuscitou, como havia dito! Vinde ver o lugar em que ele estava. 7Ide depressa contar aos discípulos que ele ressuscitou dos mortos, e que vai à vossa frente para a Galiléia. Lá vós o vereis. É o que tenho a dizer-vos.' 8As mulheres partiram depressa do sepulcro. Estavam com medo, mas correram com grande alegria, para dar a notícia aos discípulos. 9De repente, Jesus foi ao encontro delas, e disse: 'Alegrai-vos!' As mulheres aproximaram-se, e prostraram-se diante de Jesus, abraçando seus pés. 10Então Jesus disse a elas: 'Não tenhais medo. Ide anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galiléia. Lá eles me verão.' Palavra da Salvação

A IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO JORGE - Uma história nos ajuda a compreender a sua imagem, onde normalmente o vemos sobre um cavalo branco, com uma lança, vencendo um dragão:“Num lugar existia um dragão que oprimia um povo. Ora eram dados animais a esse dragão, e ora jovens. E a filha do rei foi sorteada. Nessa hora apareceu Jorge, cristão, que se compadeceu e foi enfrentar aquele dragão. Fez o sinal da cruz e ao combater o dragão, venceu-o com uma lança. Recebeu muitos bens como recompensa, o qual distribuiu aos pobres.”Verdade ou não, o mais importante é o que esta história comunica: Jorge foi um homem que, em nome de Jesus Cristo, pelo poder da Cruz, viveu o bom combate da fé. Se compadeceu do povo porque foi um verdadeiro cristão. Isto é o essencial.Ele viveu sob o senhorio de Cristo e testemunhou o amor a Deus e ao próximo. Que Ele interceda para que sejamos verdadeiros guerreiros do amor

































































































































































































































































































































































































































































Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by